12 de março de 2018  07:21   /      Jocerlan Aquino

VÍDEO: Zé Maranhão diz que não tem pressa para escolha do vice e que Cajazeiras ensinou a PB a votar

    Convicto de que será candidato ao Governo do Estado em qualquer cenário político no pleito eleitoral de 2018, o senador José Maranhão (MDB), concedeu entrevista ao site Radar Sertanejo, em sua residência na capital, e disse que o seu partido busca apoios em quase todas as siglas partidárias, inclusive do PSDB paraibano, chefiado por Cássio Cunha Lima.

    Perguntado sobre quem poderá ser seu vice na chapa majoritária, Maranhão afirmou que vem tratando essa questão de forma estratégica. “Evidentemente que nós não temos pressa em fazer essa escolha até porque haverá de chegar um momento adequado para o fechamento da chapa”, declarou.

    O senador disse que vem mantendo conversas gerais com vários grupos e partidos políticos, mas ainda não se chegou a uma equação para a composição total da chapa. Ele reforçou que o partido tem um candidato a governador, que é ele mesmo, e outro a senador, que é Raimundo Lira. Porém, ainda há possibilidade de compor com o segundo candidato a senador, o candidato a vice-governador e os suplentes de senadores.

    Cajazeiras também é a cidade que ensinou a Paraíba a votar

    O emedebista disse com todas as letras que a população de Cajazeiras lhe deu uma grata satisfação em memória às obras que ele realizou na Terra do Padre Rolim e em uma circunstância muito adversa e especial. Isso porque dois candidatos da região disputavam a eleição para senador, em 2014. Wilson Santiago (de Uiraúna) e Lucélio Cartaxo, que pertence a uma família de Cajazeiras e Sousa, mesmo assim, ele desbancou os dois candidatos. Com uma maioria expressiva, Maranhão disse que a cidade que ensinou a Paraíba a ler é a mesma que ensinou a Paraíba a votar. Assista o vídeo acima.

    Por Dida Gonçalves Radar Sertanejo

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Autentificado como . Sair desta conta »

...

publicidade

// Cole o código do Google Analytics aqui