10 de outubro de 2018  07:29   /      Jocerlan Aquino

FPM: primeiro repasse de outubro será creditado hoje quarta-feira

    As prefeituras recebem hoje quarta-feira, 10 de outubro, o primeiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O montante partilhado entre os Entes será de R$ 2,5 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O valor transferido apresenta crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. Entretanto, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) reitera o pedido de atenção na gestão dos recursos.

     

    Quando são levados em conta os valores brutos, ou seja, incluindo o Fundeb, o montante do 1º decêndio chega a R$ 3,2 bilhões. De acordo com dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN), o 1º decêndio de outubro de 2018, comparado com o mesmo decêndio de 2017, apresentou crescimento de 25,18% em termos nominais, ou seja, levando em conta os valores sem considerar os efeitos da inflação.

     

    Na situação em que o valor do repasse é deflacionado e comparado ao mesmo período de 2017, o crescimento chega a 20,26%, isto é, considerando a inflação do período. A CNM destaca que, do total repassado a todos os Municípios do país, as cidades de coeficientes 0,6, que representam a maioria (2.470 ou 44,36% das cidades), irão receber o valor de R$ R$ 643,8 milhões, ou seja, 20,03% do que será transferido. Outros Municípios do país que possuem coeficientes de 0,8 (594 ou 10,67% das cidades) irão ficar com o valor de R$ 209,1 milhões ou 6,51% do que será transferido.

     

    Alertas e acumulado A CNM destaca que o 1º decêndio, historicamente, é o maior do mês e representa quase a metade do valor esperado para outubro. A entidade também fez um levantamento do acumulado de 2018 com o FPM. Até agora, o valor total do Fundo tem apresentado crescimento positivo.

     

    O montante repassado aos Municípios desde janeiro até o 1º decêndio de outubro de 2018 indica aumento de 7,74%, em termos nominais em relação ao mesmo período de 2017. Ao considerar o comportamento da inflação, o FPM acumulado do ano de 2018 cresceu 4,10% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Por mais que os números indiquem crescimento, a Confederação sempre tem alertado aos gestores a manterem cautela em suas gestões municipais para não serem pegos de surpresa com resultados inesperados do FPM. Acesse a íntegra da nota do FPM.

    VEJA QUANTO VEIO PARA SEU MUNICÍPIO:
     
     
    Cajazeiras: R$  510.490,87 C
    São José de Piranhas: R$  265.161,55 C
    São João do Rio do Peixe: R$  386.383,90 C
    Carrapateira: R$  69.374,24 C
    Bonito de Santa Fé: R$  208.302,64 C
    Monte Horebe: R$  126.591,14 C
    Santa Helena: R$  137.317,82 C
    Cachoeira dos Índios: R$  215.751,79 C
    Bom Jesus: R$  135.003,95 C
    Joca Claudino: R$  58.224,42 C
    Triunfo:R$      R$ 0,00 C
    Uiraúna: R$  273.101,15 C
    Bernardino Batista: R$ 159.692,40 C
    Poço José de Moura: R$    179.329,06 C
    Poço Dantas: R$     177.319,09 C
    Ipaumirim  CE: R$ 119.807,96 C
    Umari: R$ 71.206,31 C
    Baixio: R$  44.289,76 C
     
    Jocerlan Guedes com informações CNM/BB

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Autentificado como . Sair desta conta »

...

publicidade

// Cole o código do Google Analytics aqui