18 de outubro de 2018  07:15   /      Jocerlan Aquino

PB registrou 1,5 mil incêndios em vegetações

    Com a elevação das temperaturas nesse período do ano, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) tende a registrar um aumento do número de incêndios em áreas de vegetação. Por isso, alerta à população quanto às atitudes preventivas para evitar esse tipo de incidente, preservando o meio ambiente e a saúde pública.

     

    De acordo com os dados do setor de Estatísticas da corporação, este ano já foram combatidos 1.565 incêndios em vegetação, terrenos baldios ou em resíduos (como lixo) em todo o Estado. O número representa 57% do total (2.732) de ocorrências desse tipo atendidas pelo CBMPB até a manhã desta quarta-feira (17), por meio do número de emergência – o 193.

     

    Conforme o chefe de Estatísticas do Corpo de Bombeiros, major Almir Peixoto, a tendência observada nos outros anos é que os números aumentem devido à junção de fatores como estiagem, calor e o clima seco. Além disso, “temos na Paraíba vegetação suscetível a esse tipo de ocorrência e a prática irregular de queimadas para reaproveitamento do solo para plantio”. Segundo ele, é muito comum, ainda, os bombeiros serem acionados para apagar fogo colocado em lixo e em terrenos baldios.

     

    “Não é adequado que as pessoas coloquem fogo no lixo, pois qualquer descuido pode provocar um incêndio de maiores proporções, ainda mais nessa época do ano. Além do que, a própria fumaça gerada já é tóxica e prejudicial à saúde”, alerta. Os bombeiros também recomendam que os moradores de áreas rurais mantenham o terreno sempre limpo e a grama capinada, para evitar a propagação de incêndios na área.

     

    “E, se avistar fumaça suspeita em áreas florestais ou terrenos, pedimos que seja informado imediatamente ao Corpo de Bombeiros (193) para que o fogo possa ser extinto o quanto antes e não se alastre – chegando a atingir residências ou redes elétricas”, ressaltou.

     

    Confira outras dicas para prevenir os incêndios em vegetação:

     

    • Nunca jogue pontas de cigarros nas rodovias ou em locais inapropriados, pois elas, além de poluir o ambiente, podem causar grandes incêndios.

     

    • Não abandone objetos de vidro, metal e outros que por ação da temperatura elevada podem superaquecer a vegetação e causar incêndios.

     

    • Evite fazer fogueiras, pois as fagulhas podem ser levadas pelo vento e espalhar as chamas. Caso seja necessário, procure uma área sem vegetação por perto.

     

    • Não faça queimadas sem autorização do órgão ambiental. E, se permitido, não faça próximo a redes elétricas nem em dias quentes, secos ou com ventos fortes, pois é mais fácil perder o controle do fogo, ocasionado um incêndio e colocando outras áreas em risco.

     

    • Não solte fogos de artifícios próximos de reservas florestais e ou mesmo em área com vegetação seca.

    • Não solte balões.

    • Nunca deixe criança brincar com fósforos e isqueiros, pois o risco é sempre grande.

    MaisPB

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Autentificado como . Sair desta conta »

...

publicidade

// Cole o código do Google Analytics aqui